Jack of all trades, master of none Início Mensagem Arquivo theme


We’re emotional illiterates. We’ve been taught about anatomy and farming methods in Africa. We’ve learned mathematical formulas by heart. But we haven’t been taught a thing about our souls. We’re tremendously ignorant about what makes people tick.


Sticky Monsters

Monster drawing on sticky notes by John Kenn Mortensen. He calls it his “little window into a different world, made on office supplies.”

Don’t make up a separate me.
Ernest Hemingway, from A Farewell To Arms
4884
Reblogar
Fate is like a strange, unpopular restaurant filled with odd little waiters who bring you things you never asked for and don’t always like.
Lemony Snicket

Esplanada

Naquele tempo falavas muito de perfeição,
da prosa dos versos irregulares
onde cantam os sentimentos irregulares.
Envelhecemos todos, tu, eu e a discussão,

agora lês saramagos & coisas assim
e eu já não fico a ouvir-te como antigamente
olhando as tuas pernas que subiam lentamente
até um sítio escuro dentro de mim.

O café agora é um banco, tu professora de liceu;
Bob Dylan encheu-se de dinheiro, o Che morreu.
Agora as tuas pernas são coisas úteis, andantes,
e não caminhos por andar como dantes.

— Manuel António Pina
Eyes. Those damn eyes fucked me forever.
— Charles Bukowski 
51
Reblogar

Hill with Bushes, 1888
Vincent van Gogh
173
Reblogar

Berni Searle
About to Forget, 2005
Privatize-se tudo, privatize-se o mar e o céu, privatize-se a água e o ar, privatize-se a justiça e a lei, privatize-se a nuvem que passa, privatize-se o sonho, sobretudo se for diurno e de olhos abertos. E finalmente, para florão e remate de tanto privatizar, privatizem-se os Estados, entregue-se por uma vez a exploração deles a empresas privadas, mediante concurso internacional. Aí se encontra a salvação do mundo… e, já agora, privatize-se também a puta que os pariu a todos.
  José Saramago, in Cadernos de Lanzarote, Diário III

Auguste Rodin in his studio.




1
Theme